Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Noruega bloqueia R$ 133 mi para Fundo Amazônia

Equipe BR Político

Após a Alemanha ter congelado um financiamento de R$ 155 milhões para projetos ambientais no Brasil, o governo norueguês anunciou, nesta quinta-feira, 15, que bloqueará um repasse de R$ 133 milhões para o Fundo Amazônia, maior programa nacional de combate ao desmatamento. O fundo é mantido pelos dois países europeus desde sua criação, em 2007. Segundo o ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega, Ola Elvestuen, o país considera que o Brasil não está cumprindo sua parte no acordo para preservação da floresta Amazônica. A decisão ocorre após o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ter criticado a Noruega por explorar petróleo no Ártico e por caçar baleias. Sobre o bloqueio de repasses, o ministro afirma que as negociações sobre o fundo ainda estão em curso. “As tratativas sobre o Fundo Amazônia ainda não foram concluídas, portanto, é natural que novas contribuições aguardem esse desfecho”, disse, segundo o Broadcast Político.

Na semana passada, Salles afirmou que a Noruega “é o país que explora petróleo no Ártico, eles caçam baleia. E colocam no Brasil essa carga toda, distorcendo a questão ambiental”. Em resposta ao ministro, a Noruega afirmou que está “comprometida a continuar com a gestão responsável, prudente e sustentável dos seus recursos petrolíferos”, e disse que as operações de exploração de petróleo do país estão entre as mais limpas do mundo. Os noruegueses doaram 94% de todos os recursos captados para o fundo até hoje, o que equivale a cerca de R$ 3,186 bilhões.