Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nos EUA, homem morre após ingerir produto de limpeza com cloroquina

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um homem na casa dos 60 anos de idade morreu nesta terça, 24, no Arizona, EUA, após ingerir fosfato de cloroquina, um produto de limpeza de aquários com substância similar à utilizada no combate da malária, para tratar de sintomas da covid-19, informou a agência Reuters. A cloroquina e hidroxicloroquina têm sido testadas como medicamento promissor contra a covid-19. O Banner Health Hospital alertou que a “cloroquina, remédio para a malária, não deve ser ingerido para tratar ou previnir o vírus”.

O presidente Donald Trump tem recomendado o uso de medicamentos à base da substância. Ele anunciou que 10 mil unidades de cloroquina serão distribuídas na cidade de Nova York nesta terça, 24, a despeito de recomendações desabonadoras ao uso do remédio feitas por médicos dos Estados Unidos próximos à Casa Branca, como o doutor Anthony Fauci, presidente do Instituto Nacional de Alergia, que costumava aparecer ao lado de Trump nas coletivas.

Tudo o que sabemos sobre:

cloroquinaArizonamorteEUA