Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Notícia-crime contra Bolsonaro na mesa de Aras

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, pediu à Procuradoria-Geral da República que se manifeste sobre uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro, movida pelo deputado federal petista Reginaldo Lopes (PT-MG), que vai pedir uma audiência com o PGR Augusto Aras ainda hoje, informa o Estadão. O parlamentar quer enquadrar o presidente no artigo 268 do Código Penal, que consiste em infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. O crime tem pena de um mês a um ano. O PGR tem sido pressionado também internamente na Procuradoria para mover ações contra a medida provisória que inseriu igrejas e lotéricas em serviços essenciais, e também para impedir declarações do presidente que não sigam orientações do Ministério da Saúde. No entanto, Aras já arquivou uma representação e disse não ver crime nos discursos de Bolsonaro.