Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nova agenda de Alcolumbre pode adiar votação da 2ª instância

Gustavo Zucchi

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, juntou a fome com a vontade de comer: conseguirá votar os PLNs e ainda inviabilizará a votação das alterações no Código Penal que tratam da volta da prisão após condenação em segunda instância. Alcolumbre anunciou nesta quarta-feira, 4, que conversou com lideranças da Câmara para marcar para a próxima semana sessões do Congresso dos PLNs que liberam crédito extra no Orçamento e beneficiam ministérios.

Como comissões não podem ocorrer durante votação no plenário, a CCJ do Senado teria de adiar a votação da alteração no Código de Processo Penal, prevista pela senadora Simone Tebet (MDB-MS) para acontecer na próxima semana. Alcolumbre defende que a PEC que tramita na Câmara tenha prioridade, ao contrário do que o grupo lavajatista defende, querendo a volta da prisão em segunda instância o mais rápido possível.

Tudo o que sabemos sobre:

Davi Alcolumbresenadosegunda instância