Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nova crise na Casa Civil à vista?

Equipe BR Político

Ao que tudo indica, a crise que atinge a Casa Civil deve continuar. Mas, agora, por outro motivo: um eventual interesse do chefe da pasta, o ministro Onyx Lorenzoni, em concorrer ao governo estadual em 2022. O presidente Jair Bolsonaro disse que a atuação do ministro, ao privilegiar seu Estado natal, o Rio Grande do Sul, é “um ponto a ser estudado”.

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni

Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni Foto: Joedson Alves/EFE

Na manhã desta quinta-feira, 6, ao deixar o Palácio da Alvorada, o presidente foi questionado se Onyx não estaria atuando para se candidatar ao governo estadual em 2022 por priorizar encontros regionais e entrevistas para veículos gaúchos.

“Qualquer ministro que, por ventura, queira usar o ministério em vez de atender ao Brasil para atender o seu Estado ou o seu município está fadado a levar um cartão vermelho. Não vou confirmar o que você falou aí (sobre Onyx dar sinais de que possui interesse eleitoral no RS), mas, em havendo…”, disse Bolsonaro sem concluir a frase.