Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nova investigação sobre ministro à vista

Equipe BR Político

O Ministério Público de Minas Gerais terá de decidir se abre nova investigação para investigar indícios de caixa dois e uso de laranjas na campanha do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, a deputado federal em 2018. A Polícia Federal enviou à promotoria, segundo informações da Folha, planilhas e outros documentos que mostram indícios de irregularidades no uso de recursos eleitorais, conforme reportagens do jornal ao longo do fim de semana.

O presidente Jair Bolsonaro reagiu nas redes sociais a informações de que esse esquema pode ter sido usado para abastecer sua própria campanha presidencial. O ministro Sérgio Moro, a cuja pasta a PF está subordinada, também saiu em defesa de Bolsonaro. Álvaro Antonio foi indiciado na semana passada pela PF.

Além de novo inquérito para apurar especificamente a campanha do ministro, a PF pediu a abertura de outros dois, para investigar pessoas relacionadas ao esquema dos laranjas.