Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Nova York dá primeiro passo rumo à reabertura

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Cem dias após a confirmação do primeiro caso confirmado de coronavírus em Nova York, a cidade onde 205 mil pessoas foram infectadas e 22 mil perderam a vida em decorrência do novo coronavírus dá seu primeiro passo em direção à reabertura nesta segunda, 8. Cerca de 400 mil trabalhadores retornam aos trabalhos na construção civil, em fábricas e em lojas de varejo nesta fase, informa o jornal The New York Times. Até semanas atrás, os hospitais da cidade estavam abarrotados e até 800 pessoas estavam morrendo de covid-19 em um único dia.

Cidade de Nova York, Estados Unidos Foto: Sarah Blesener/The New York Times

Autoridades estaduais e municipais disseram estar otimistas de que a cidade comece a voltar à vida. Os testes são numerosos – cerca de 33 mil pessoas por dia. Agora, as novas infecções caíram para cerca de 500 por dia – metade das registradas apenas algumas semanas atrás.

“O início de qualquer programa é desafiador”, disse Jay Varma, consultor do prefeito democrata Bill de Blasio em saúde pública. “Mas as pessoas estão dispostas a participar e a fornecer informações sobre suas condições de saúde e sobre seus contatos próximos”. Ainda assim, um salto nos casos pode sobrecarregar o sistema, como aconteceu no início da pandemia em Nova York em março.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, andou de metrô nesta manhã. “Nós não estamos fora de perigo, mas estamos do outro lado, certamente”, disse ele.

Tudo o que sabemos sobre:

nova yorkpandemiacoronavíruscomércio