Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Novo estudo do Imperial College recomenda aumentar restrições no Brasil

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Um novo relatório do Imperial College sobre a situação do coronavírus no Brasil recomenda novas medidas de isolamento social para conter o avanço da doença no Brasil. Os britânicos analisaram a situação de 16 Estados brasileiros e, apesar de afirmar que o impacto das atuais restrições ainda não pode ser medido, é necessário intensificar o isolamento. “Embora em escala nacional a epidemia brasileira ainda seja relativamente inicial, nossos resultados sugerem que mais ações são necessárias para limitar a disseminação e prevenir sobrecarga do sistema de saúde”, afirmam os pesquisadores.

Os dados do Imperial College têm sido utilizados para tomar decisões em diversos países. O Reino Unido, por exemplo, mudou sua abordagem contra a doença após a previsão dos pesquisadores. “Essa tendência contrasta com outros importantes focos da epidemia de COVID-19 na Europa e Ásia, onde lockdowns obtiveram sucesso em reduzir o número reprodutivo para abaixo de 1″, afirmam. Confira

o relatório completo (em inglês).

Tudo o que sabemos sobre:

coronavírusimperial college