por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Novo n.º 2 do MEC vê ‘momento difícil’ na pasta

Equipe BR Político

O novo número 2 do MEC, tenente-brigadeiro Ricardo Machado Vieira, nomeado nesta sexta-feira, 29, para a secretaria executiva da pasta, chega com um discurso de que é preciso melhorar o diálogo para tentar amenizar a disputa interna que se estabeleceu no ministério comandado por Ricardo Vélez Rodríguez.

O posto de secretário-executivo estava vago desde o dia 13, quando Luiz Antonio Tozi foi demitido a pedido do presidente. Machado Vieira reconhece que o MEC enfrenta um momento difícil e assume o posto dizendo ser necessária uma reorganização. Uma de suas missões mais importantes, afirmou ao Estado, será a gestão de pessoas. “Vivemos um momento difícil, quero tomar pé da situação e ver como a gente pode ajudar”, disse ao Estadão.