Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Novo presidente do STJ promete ‘harmonia e diálogo’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Em discurso de posse na presidência do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), o ministro Humberto Martins, se comprometeu, nesta quinta-feira, 27, a tratar “com harmonia e diálogo” a defesa do Brasil e da cidadania. Martins disse que dedicará “todas as suas forças” para trabalhar por poder Judiciário mais respeitado, forte, célere e eficiente. Ele fica à frente do tribunal pelo próximo biênio.

“O Tribunal é de todos os ministros, mas muito mais da cidadania brasileira. Insisto na ideia de uma gestão participativa, contando com a colaboração e a opinião de todos os ministros, porque acredito que todas as decisões adotadas pela presidência repercutem diretamente no dia a dia de todos os ministros”, afirmou Martins.

O presidente Jair Bolsonaro participou presencialmente da cerimônia, mas não discursou. Também estavam o vice-presidente da República, Hamilton Mourão; os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli; e o procurador-geral da República, Augusto Aras. O evento foi restrito para convidados e foi transmitido ao vivo pelo canal do STJ no YouTube.

Martins, que tem 63 anos de idade, chegou ao STJ em 2006 por indicação do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com forte apoio do senador Renan Calheiros (MDB-AL), de quem é próximo.

 

Tudo o que sabemos sobre:

STJHumberto Martinspresidência