Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Novo procurador será um anti-Guedes?

Equipe BR Político

Em artigo de estreia no Estadão, o colunista Pedro Nery escreve sobre um nome que ameaça as reformas: trata-se do procurador José Robalinho, um dos dos favoritos para vencer em junho a eleição para procurador-geral da República (PGR). No currículo, ele acumula posições de questionamento do déficit da Previdência, vê na reforma um corte radical de gastos e alerta que não deve se sustentar no Judiciário. Foi militante do auxílio-moradia, alega que o teto de gastos é inconstitucional e considera a reforma trabalhista grave retrocesso.

“A candidatura Robalinho é emblemática, mas o problema da lista tríplice é mais amplo: a incompatibilidade de escolher o guardião dos interesses difusos por um interesse organizado”, opina o colunista. Sendo assim, segundo ele, a lista tende a transformar o procurador-geral da República no “anti-Paulo Guedes”. “A árdua aprovação das reformas no Parlamento pode ser depois desperdiçada no 3.º tempo”, escreveu.