Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Núcleo político de Bolsonaro é de tutela e intimidação’

Equipe BR Político

O candidato derrotado à eleição presidencial, Fernando Haddad, diz que precisa férias para reorganizar a vida e “pagar os boletos”. Enquanto isso, em entrevista ao Valor, Haddad afirma não ter sequer lido última resolução do diretório nacional do PT, que fez uma avaliação do processo eleitoral e da atual conjuntura.

Sobre governo Bolsonaro, o ex-prefeito de São Paulo avalia que haverá três núcleos centrais: o fundamentalista (coeso, com forte carga conservadora e ideológica), o econômico (“escancaradamente liberal”) e o núcleo político, formado pelo Ministério da Justiça e pelos militares. É o núcleo político, afirma, que dará o tom do novo governo, com “duas possíveis tarefas: tutela e intimidação”.