Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Número 2 da Saúde nega compromisso com Doria sobre vacina

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O caldo da “guerra das vacinas” entornou mais com a declaração do número 2 do Ministério da Saúde, o secretário-executivo Élcio Franco, de que a pasta não firmou qualquer compromisso de compra da vacina desenvolvida pela China com o Instituto Butantã com o governador João Doria (PSDB-SP). Como você tem acompanhado aqui no BRP, o presidente Jair Bolsonaro desautorizou o titular da pasta, Eduardo Pazuello, que anunciou ontem que o ministério iria comprar 46 milhões de doses da Coronavac. O general passou a ser alvo de críticas fortíssimas dos bolsonaristas mais ideológicos, contrariados com a promessa da compra da “vacina chinesa”.

Élcio Franco, Secretário-Executivo do Ministério da Saúde. Foto: Júlio Nascimento/PR

O subordinado de Pazuello afirmou nesta manhã de quarta, 21, que “houve interpretação equivocada da fala do ministro da Saúde (Eduardo Pazuello)”e ressaltou que a pasta não firmou “qualquer compromisso com o governo do Estado de São Paulo ou com o seu governador no sentido de aquisições de vacinas contra a covid”.