Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘O Brasil não precisa de um craque formidável’

José Fucs

Em artigo publicado no Estadão nesta terça-feira, 19, no qual traça um paralelo entre o futebol e a política, a economista Ana Carla Abrão diz que o Brasil está órfão de heróis e que, na falta deles, o “povo cansado” se agarra a falsos salvadores da pátria,  embora não seja desses de que precisamos agora, para definir um rumo, um caminho, uma agenda.

“O Brasil precisa de uma liderança que nos defenda a todos nós – e não aqueles que gritam mais e podem mais. Precisamos de alguém que faça o que precisa ser feito, em nome de todos e não dos que já nos levaram quase tudo”, afirma. “O que nos falta é essa visão, essa serenidade e essa convicção de que não será dos pés de um craque formidável que sairá aquela grande jogada que nos livrará o grito de gol.” / J.F.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Ana Carla AbrãoFutebolliderança