Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O coronel-amigo de R$ 24 milhões

Equipe BR Político

A Polícia Federal encontrou planilhas e extratos que mostram que contas ligadas ao coronel João Baptista Lima, amigo de Michel Temer investigado sob a suspeita de ter atuado como intermediador de propina para o presidente, movimentaram mais de R$ 24 milhões.

As contas são de Lima e de empresas registradas em seu nome (sendo que nenhuma delas é a Argeplan, que tinha contratos com o setor público investigados), informa a Folha.

Tudo o que sabemos sobre:

coronel limaMichel TemerPolícia Federal