Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O ‘fator Bolsonaro’ na disputa pela PGR

Equipe BR Político

A imprevisibilidade do presidente Jair Bolsonaro é vista como um fator complicador na atual disputa pela vaga de procurador-geral da República. Apesar de já ter dito não estar amarrado à lista tríplice da associação dos procuradores, que tem dez inscritos, concorrentes não apostam nem em uma direção, nem na outra. Eles não sabem nem mesmo como se movimentar para fazer campanha, segundo a Coluna do Estadão.

Em outros tempos, o comum era pedir encontros com ministros do Supremo e senadores, responsáveis pela sabatina. A percepção agora é de que, fora os filhos, Bolsonaro ouve pouca gente. O que se tem é que, no que depender do Senado, qualquer candidato fora do grupo de Rodrigo Janot tem mais chance. Os parlamentares ainda estão traumatizados com as denúncias protocoladas por ele.