Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O feirão de imóveis da União

Equipe BR Político

O secretário Salim Mattar, responsável pela área de privatizações e concessões dentro do Ministério da Economia, usou o Twitter para destacar a política de venda de imóveis da União como parte do programa federal de desinvestimentos. Incluiu a casa destinada ao ministro da Economia, que Paulo Guedes ordenou que fosse vendida.

“Não faz sentindo a União ter tantos imóveis em estado de abandono e sem utilidade pública enquanto faltam recursos para segurança, saúde e educação. Os valores arrecadados a partir das vendas serão destinados à melhoria da qualidade de vida do cidadão”, escreveu.

O site do Ministério da Economia disponibilizou os editais com os imóveis da União disponíveis para venda, em várias modalidades (venda direta, leilões e concorrência pública). A joia da coroa é mesmo a casa do ministro da Fazenda, um imóvel no Lago Sul, em Brasília, com mais de 400 mil m2, avaliada em R$ 6,2 milhões e que será oferecida em concorrência pública. Além dela há outros imóveis e terrenos em Brasília e em cidades de São Paulo e Minas Gerais.