Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O governo e o copo d’água

Equipe BR Político

Em artigo no Globo nesta terça-feira, 26, Míriam Leitão é direta ao dizer que articulação política não é sinônimo de corrupção, e é um das atribuições do presidente. Articular e negociar é da natureza da política. “O presidente da República sempre será o gerente da coalizão. Não basta entregar o projeto ao Congresso e agir como se agora a bola estivesse com os parlamentares”, escreveu a colunista.

Nesse sentido, ela avalia que o governo está queimando seu capital político no lugar errado: em brigas e tuítes e, com isso, acaba se transformando em “um governo que se afoga em copo d’água”.

Tudo o que sabemos sobre:

governocopo d'água