Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O ideal é reforma aprovada no primeiro semestre, diz Lazari

Equipe BR Político

Para o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari, o governo do deveria se concentrar na reforma da Previdência, para que ela possa andar rápido. Em entrevista à Folha, o Lazari disse que o ideal seria que o texto fosse aprovado ainda no primeiro semestre no Congresso. “Se isso não acontecer, o mercado pode começar a questionar o quanto o governo conseguirá implantar da reforma”, avaliou.

Em sua visão, se a reforma “escorrer” para o segundo semestre, “não vamos conseguir crescer o que prevíamos, 2,8%, 2,9%”. Ao comentar a economia fiscal com a reforma, Lazari pontuou que “qualquer número abaixo de R$ 1 trilhão não é adequado”. “(…) R$ 800 bilhões a R$ 900 bilhões seria razoável, acima de R$ 1 trilhão seria essencial”, afirmou.