Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O pito do ex-ministro no presidente

Vera Magalhães

Que Gustavo Bebianno caiu por ser dos poucos auxiliares com coragem para dizer a Jair Bolsonaro que ele estava errando em episódios específicos já se sabe. Que o ex-advogado e ex-ministro ainda não superou a maneira como foi tratado, idem. As duas constatações estão no relevante artigo que ele escreve neste sábado para O Globo, criticando a atuação do presidente na crise diplomática derivada do caos ambiental.

Bebbiano diz que Bolsonaro é daqueles que “não aprendem” nem pelo amor nem pela dor, duas formas, segundo sua premissa, pela qual as pessoas evoluem. A partir desta constatação, ele diz que o presidente coloca em xeque interesses do Brasil ao comprar brigas com líderes europeus.

“Ao atacar os líderes europeus, de forma impulsiva, o presidente compromete a imagem do país e coloca em risco nossos interesses comerciais. Ironias de cunho pessoal não só dificultam as relações, como despertam o rancor entre os chefes de Estado — o que, obviamente, não resultará em nada positivo para o Brasil”, aponta.