Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O preferido para a Educação era outro

Marcelo de Moraes

A polêmica em torno da escolha do próximo ministro da Educação só está ocorrendo porque Jair Bolsonaro acabou não chamando o nome que tinha na cabeça durante a campanha. Originalmente, o presidente eleito queria chamar Stavros Xanthopoylos, defensor do ensino a distância.

Como a conversa não evoluiu e Bolsonaro não tinha pensado um plano B, agora, se movimenta para tentar encontrar uma solução para preencher a vaga sem causar confusão entre os aliados por causa da escolha. /M.M.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Ministério da Educação