Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O próximo capitulo será uma ‘guerra de versões’

Equipe BR Político

Em artigo no Estadão nesta sexta-feira, 26, a colunista Eliane Cantanhêde afirma que já está fora de moda chamar o Brasil de “Republiqueta de Bananas”. Somos agora, a “República de Hackeados”. Com tantas autoridades tendo tido seus celulares invadidos, uma pista surge: diferentemente do que a PF pensava no início das investigações, a força-tarefa da Lava Jato não era o único alvo dos hackers. Na opinião da jornalista, ainda não está clara a motivação dos ataques, que pode ser política, ou não.

Segundo a Cantanhêde, nos próximos capítulos – dessa que poderia ser uma série de ficção policial de sucesso -, veremos uma guerra de versões e acusações sobre o ataque hacker. “Meus caros e caras, Brasília está de pernas para o ar e, até a conclusão das investigações, preparem-se para um festival de versões e acusações mútuas. Estamos em plena República dos hackeados. Vale tudo”, conclui a colunista