Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O ranking das ‘junk news’

Vera Magalhães

Apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL) são aqueles que mais compartilham informações de fontes falsa ou de baixa credibilidade ou notícias distorcidas relacionadas às eleições no Twitter, a rede social em que é maior o engajamento em assuntos políticos. O levantamento, publicado pelo Estadão, foi feito pelo Instituto para Internet de Oxford e será divulgado nesta sexta-feira.

Esse tipo de informação inclui não só “fake news” e é chamado de “junk news”. Do total desse tipo de notícia divulgado no Twitter, 81% são compartilhadas por partidários de Bolsonaro. Apoiadores do petista Fernando Haddad divulgaram 54% dessas fontes de baixa qualidade.