Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O recado do presidente do BC

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Com a taxa básica de juros já no patamar mais baixo da história, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, mandou um recado importante ontem para quem acha que pode haver alguma nova redução extraordinária por conta da crise causada pelo coronavírus. Na sua última reunião, o Comitê de Política Monetária (Copom) já tinha reduzido a taxa de 4,25% para 3,75%. Ou seja, um corte significativo já foi feito há pouco tempo.

“Não há nenhuma razão para isso. Neste momento, a Selic está apropriada”, garantiu Campos Neto.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto Foto: Adriano Machado/Reuters