Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O risco de dispersão

Equipe BR Político

Cientistas políticos e economistas presentes no painel sobre desafios políticos do governo Jair Bolsonaro no fórum promovido pelo Estado e pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas acreditam que Jair Bolsonaro vai aprovar a reforma da Previdência, porém, não chegam a um consenso sobre o timing. É sobre esse assunto que Vera Magalhães escreveu em sua coluna no Estadão, neste domingo, 16.

Para a colunista, há um risco de dispersão da pauta. “Se a reforma é a condição sine qua non para o sucesso do governo, o mais eficaz é tirá-la da frente logo para, aí sim, ter sossego para discutir a agenda mais cara ao bolsonarismo de raiz”, escreveu.