Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘O segmento evangélico confia que ele vai cumprir a palavra’

Marcelo de Moraes

Representantes da bancada evangélica entenderam o movimento feito por Jair Bolsonaro anunciando a abertura de um escritório de negócios em Jerusalém no lugar de transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para a cidade. Mesmo de modo light, a promessa feita na campanha por Bolsonaro segue sendo cobrada.

“Respeito a abertura do escritório, porém o segmento evangélico, 1/3 do eleitorado brasileiro, que deu uma vantagem de 11 milhões de votos ao presidente Jair Bolsonaro, garantindo sua eleição, confia que ele cumprirá sua palavra e em breve mudará a embaixada brasileira para Jerusalém”, afirmou o deputado federal Marco Feliciano nas suas redes sociais. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

evangélicosIsraelMarco Feliciano