Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O ‘timing’ de Chomsky

Alexandra Martins

Existe uma palavra mágica capaz de levantar poeira dentro da esquerda sem que se alcance um consenso: “autocrítica”, ainda mais com Lula atualmente preso. Mas foi o que recomendou o intelectual Noam Chomsky, em entrevista nesta quarta, 2, à Folha, ao espectro político.

“A esquerda deveria fazer uma autocrítica muito séria, examinar o que deu errado e pensar em todas as oportunidades que foram desperdiçadas porque sucumbiu à maldição da corrupção e a planejamentos falhos. A base social precisa ser reconstruída do zero, com participação direta de comunidades e instituições”, disse ele, que em 2006, assinou manifesto contra Lula e a favor de Heloísa Helena.

Tudo o que sabemos sobre:

Noam ChomskyLula