Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

O tormento sem fim dos tucanos

Marcelo de Moraes

O PSDB vai ter trabalho para se esquecer de 2018. Além do péssimo desempenho na eleição presidencial com Geraldo Alckmin e da redução expressiva de sua bancada de deputados federais, os tucanos seguem vendo alguns de seus nomes sendo alvos de operações da Polícia Federal.

A Operação Ross cumpriu hoje mandados de busca e apreensão em imóveis dos senadores Aécio Neves e Antonio Anastasia, ampliando a lista de tucanos ilustres que foram alvos recentes de investigações, como os ex-governadores Beto Richa (PR) e Marconi Perillo (GO), que chegaram a ser presos. A queda política desse grupo abre mais ainda o caminho para o discurso de renovação interna no PSDB, num movimento liderado pelo governador eleito de São Paulo, João Doria. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

PSDBAécioDoria