Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

OAB pede para o STF adiar julgamento

Equipe BR Político

Autor de uma das ações no Supremo Tribunal Federal que discutem a prisão após condenação em segunda instância, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil pediu para que a Suprema Corte adie o julgamento do processo, marcado para o dia 10 de abril, informa Amanda Pupo, do Estadão.

No ocasião, os ministros irão analisar o mérito dos processos para decidir se mantém ou não o entendimento que autoriza a prisão após condenação em segunda instância – medida considerada um dos pilares da Operação Lava Jato. O relator das ações é o ministro Marco Aurélio Mello, que já cobrou diversas vezes que o mérito do tema fosse analisado pelo plenário do STF.

Tudo o que sabemos sobre:

segunda instânciaSTFOAB