Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

OAB promete ir ao STF contra omissão de dados sobre coronavírus

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, avisou que a entidade irá ao STF contra a omissão de dados sobre a pandemia de coronavírus por parte do governo de Jair Bolsonaro. “É uma ocultação proposital, injustificada e danosa. Os dados estão sendo manipulados diariamente para dificultar a interpretação”, avisou.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz Foto: Nilton Fukuda/Estadão

Desde a última semana, o Ministério da Saúde tem, por ordem do presidente da República, alterado protocolos de divulgação. Por exemplo, atrasou o horário em que revelava os números diários para as 22h e tirou a contagem total de mortos e de casos confirmados. “O governo e o Covid trabalhando lado a lado contra o país”, completou Santa Cruz.