Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Olavo caminha para o ostracismo?

Equipe BR Político

Em sua coluna na revista Veja desta semana, Dora Kramer diz que Olavo de Carvalho deve aproveitar bastante sua súbita notoriedade, uma vez que a períodos de intensa exposição, ainda mais quando provocada por ofensas e desqualificações, costuma se seguir um período de longo ostracismo. “Na visita de Estado aos Estados Unidos o dito guru recebeu elogios explícitos do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes. Foi também tratado com gentileza por Heleno e Rêgo Barros, a despeito dos insultos. Formalidades. No cenário em que atuam as forças responsáveis pela correção de rumos (vale dizer, com o apoio dos políticos incrustados nos postos de comando do Parlamento), a realidade é outra bem diferente. Sabe o leitor aquela história do técnico de futebol “prestigiado” às vésperas do desprestígio fatal? Pois então, pode enquadrar aí as loas a Olavo de Carvalho e respectiva influência de vida curta. Vítima do desconhecimento dos códigos do poder”, escreve a colunista.