Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Olímpio: ‘Espero que tenha sido um filho com o celular do presidente’

Gustavo Zucchi

O apoio do presidente Jair Bolsonaro a manifestações contra o Congresso Nacional marcadas para o próximo dia 15 de março surpreenderam até antigos aliados do atual ocupante do Palácio do Planalto. Ao BRP, o senador Major Olímpio (PSL-SP) disse que espera que a iniciativa não tenha partido das mãos do presidente. “Eu ainda tenho a expectativa que possa ter sido alguém, como já aconteceu, de filho do presidente usar o celular dele. Já tivemos episódios semelhantes. No momento que você tem o presidente pedindo apoio para ir às ruas contra o Congresso  você está a conduzindo para uma ruptura institucional. Se você for ver cabe até crime de responsabilidade atentar contra a estabilidade dos poderes constituídos”, afirmou.

O senador Major Olimpio

O senador Major Olimpio Foto: Dida Sampaio/Estadão

Olímpio também vê que a ação do presidente pode “sair pela culatra”. Um dos senadores que tem trabalhado contra a derrubada dos vetos presidenciais ao orçamento, ele afirmou que hoje o governo “tomaria um cacete danado” em uma votação no plenário. “Estou conversando com parlamentares de todos os partidos aqui e realmente os ânimos estão exaltados. Se o governo já tinha uma interlocução política muito ruim, agora com isso ‘apagou o incêndio com gasolina’ mesmo. Se depender do Congresso Nacional para aprovação de medidas e MPs do governo, de projetos que são de interesse na área econômica e administrativa, hoje fechou todos os canais de comunicação para isso.”