Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

OMS alerta sobre efeitos colaterais da cloroquina

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou nesta quarta-feira, 20, que a cloroquina e a hidroxicloroquina sejam usadas apenas em estudos clínicos contra o novo coronavírus, dentro de hospitais, informa o Estadão. O diretor do programa de emergências do órgão, Michael Ryan, ressaltou que não há eficácia comprovada desses medicamentos no combate à covid-19 e alertou para os efeitos colaterais da droga.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, e diretor do programa de emergências, Michael Ryan

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, e diretor do programa de emergências, Michael Ryan Foto: Denis Balibouse/Reuters

“Uma nação soberana tem o direito de aconselhar seus cidadãos sobre qualquer medicamento. Mas gostaria de destacar que, até agora, a cloroquina e a hidroxicloroquina não foram identificadas como eficazes para tratar a covid-19. Diversas autoridades já emitiram alertas sobre efeitos colaterais. A OMS aconselha que esse medicamento seja utilizado apenas em estudos clínicos supervisionados por médicos em ambiente hospitalar, como já ocorre em diversos países”, disse Ryan.