Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

OMS encerra testes com hidroxicloroquina

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu encerrar em definitivo os testes científicos com a hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com o novo coronavírus. A decisão foi tomada no sábado, 4, mesmo dia em que a organização confirmou um novo recorde mundial no número de novos casos em apenas 24h: 212.326 mil. Em maio, a instituição já havia suspendido temporariamente os estudos.

Foto: Márcio Pinheiro/SESA

A decisão da OMS foi tomada por falta de resultados nas pesquisas anteriores realizadas com a droga, diz comunicado. Tal posição foi adotada seguindo a recomendação do comitê de especialistas que assessora a organização e avalia os resultados dos testes realizados em hospitais de diversos países. A recomendação deste comitê foi retirar a hidroxicloroquina e, também, o lopinavir/ritonavir de todos os testes.

“O Comitê Diretor Internacional formulou a recomendação à luz das evidências para hidroxicloroquina e para lopinavir/ritonavir e de uma revisão das evidências de todos os estudos apresentados na Cúpula da OMS sobre pesquisa e inovação Covid-19, em 1 e 2 de julho”, apontou o comunicado.

 

Tudo o que sabemos sobre:

OMShidroxicloroquina