Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

ONU veta discurso do Brasil

Equipe BR Político

O fato de o Brasil não ter enviado um plano de compromissos climáticos à ONU fez com que a entidade vetasse o País de discursar na Cúpula do Clima a ser realizada na segunda, 23, em Nova York, um dia antes da abertura da Assembleia-Geral. “O Brasil não apresentou nenhum plano para aumentar o compromisso com o clima”,  disse o enviado especial da secretaria-geral da ONU, Luis Alfonso de Alba, à Folha. Segundo ele, a lista dos reprovados inclui os aliados EUA, Arábia Saudita, Austrália, Coreia do Sul e Japão. Para um País que se recusou a sediar o maior evento do mundo sobre o clima, a COP 25, um discurso a menos não deve ser o maior dos problemas para a atual gestão.

Chaminé de indústria emite gases causadores do efeito estufa, que afeta o clima global

Foto: Ajay Verma/Reuters

Na Assembleia-Geral, a previsão é de que o presidente Jair Bolsonaro faça o discurso de abertura do evento no dia 24, mesmo que tenha de viajar de cadeira de rodas, como ele próprio disse. Sua fala deve ter conteúdo conciliatório e versar sobre soberania nacional. No último mês, seu governo foi alvo de várias contestações internacionais por sua política aplicada para o meio ambiente. Protestos contra Bolsonaro durante a assembleia em Nova York estão no radar do Itamaraty.