Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Onze Estados e 276 municípios formalizam interesse na Coronavac

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) informou nesta quinta, 10, que 11 Estados e 276 municípios do País formalizaram o interesse pela compra da vacina Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã. Os Estados são: Acre, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Roraima.

Também foi anunciado que o instituto começou a produzir os imunizantes na noite de quarta-feira, 9, enquanto os resultados de eficácia são esperados para o dia 15 para, então, serem apresentados à Anvisa. Foram contratados 120 técnicos para auxiliar na produção da vacina, que será feita “24 horas por dia e 7 dias por semana”, aumentando sua capacidade de produção para 1 milhão de doses por dia.

O presidente do Butantã, Dimas Covas, disse que o Butantã tentará, junto à Anvisa, os dois caminhos possíveis para registro da Coronavac. “Brevemente teremos os resultados da fase 3 (eficácia). Submeteremos tanto pelo rito normal quanto pelo uso emergencial.” Ele não descartou a possibilidade de pedir liberação excepcional a partir da aprovação do imunizante em outras agências regulatórias com base na lei federal 13.979, que autoriza a importação de produtos e insumos sem registro no País, contanto que eles tenham licença nos Estados Unidos, Europa, Japão ou China.

No final da coletiva, Doria foi reticente diante da pergunta sobre a possibilidade de o governo montar novamente hospitais de campanha. Afirmou que dará mais detalhes sobre esse assunto na sexta, 11.

Tudo o que sabemos sobre:

coronavacJoão DoriaInstituto Butantan