Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Oposição chama movimentação na Casa Civil de ‘balbúrdia’

Equipe BR Político

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) chamou nesta quinta, 30, a gestão Bolsonaro de “governo da balbúrdia” em sua conta no Twitter. “Há um ritual claro: Bolsonaro finge ‘punir’ e depois devolve a mamata. Mas dessa vez ele foi flagrado!”, escreveu. Junto a ele, outros políticos da oposição também criticaram o recente vai e volta na Casa Civil causado pela exoneração do ex-secretário-executivo da pasta, Vicente Santini, e a decisão do presidente Jair Bolsonaro de retirar o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do ministério. 

A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) foi na linha de Randolfe e afirmou que “o governo Bolsonaro é a maior balbúrdia que já se viu em terra brasilis.” E o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) criticou o critério das exonerações no governo. “Não adianta exonerar o Santini e deixar no cargo o Wajngarten, que destinou milhões em verbas publicitárias para clientes de sua agência”, escreveu.

 

https://twitter.com/DeputadoFederal/status/1222846673375940609

A transferência do PPI ao Ministério da Economia, que como você leu no BRP, esvazia a Casa Civil, foi considerada pelo deputado federal Bohn Gass (PT-RS) uma “moeda de troca do poder”.

Tudo o que sabemos sobre:

Casa CivilOnyx LorenzoniPPIVicente Santini