Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Oposição mira em assistência e aposentadoria rural

Vera Magalhães

A oposição vai concentrar os ataques à reforma da Previdência às mudanças propostas na concessão de  Benefícios de Prestação Continuada e na aposentadoria rural. A ideia é carimbar no governo de Jair Bolsonaro o rótulo de insensibilidade social com os mais necessitados –justamente o oposto do slogan oficial da reforma, de que é mais dura com os mais privilegiados.

Para aliados de Bolsonaro, a elevação de 65 para 70 anos para a concessão de um salário mínimo para aqueles em condição de miséria é um flanco aberto desnecessariamente para a aprovação da reforma. “Para que mexer nisso? Qual o ganho com essa elevação de cinco anos que dá discurso à oposição?”, indaga ao BR18 um parlamentar com experiência na discussão de outras reformas. / Vera Magalhães