Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Orçamento não pode ser ‘cavalo de batalha’, diz relator

Equipe BR Político

O relator do Orçamento no Congresso, deputado Domingos Neto (PSD-CE), minimizou a batalha travada pelo controle do dinheiro da União, que pode ser votado nesta terça, 3. Enquanto a maioria da Câmara defende repassar ao Congresso o controle de uma fatia maior do dinheiro público, os senadores se articulam para deixar com o Executivo a definição de como a verba será investida neste ano. “Tenho defendido que esse tema tem que ser resolvido por entendimento. Não podemos transformar o tema num cavalo de batalha. Primeiro precisamos que todos entendam: é o primeiro orçamento impositivo”, disse ele em entrevista à rádio CBN.

Segundo ele, se esse entendimento não for alcançado, “a minha posição vai ser a favor da derrubada do veto” do presidente Jair Bolsonaro, que é contrário à autonomia do relator para dar a última palavra sobre o destino de R$ 30 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:

Orçamento impositivoDomingos Neto