Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Os dois alvos de Moro para voltar ao pacote anticrime

Gustavo Zucchi

Após conversa com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, listou dois pontos retirados do pacote anticrime que ele gostaria que voltassem ao texto. O primeiro é a impossibilidade de progressão de pena para condenados que permanecem como membros de organizações criminosas. O segundo é a introdução na legislação da figura do agente infiltrado.

Questionado sobre outros dois outros pontos polêmicos, Moro preferiu deixar em aberto. Disse que haverá conversas sobre a volta do excludente de ilicitude, retirado do texto em meio a comoção pela morte da menina Ágatha, no Rio, em setembro. Já sobre a prisão em segunda instância, Moro não descartou que pode insistir que a mudança seja feita via projeto de lei, algo já descartado pelos deputados.

Tudo o que sabemos sobre:

pacote anticrimesergio moro