Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Os pedidos de Paula Lavigne a Regina Duarte

Equipe BR Político

A atriz Paula Lavigne fez uma lista de pedidos à colega de ofício, Regina Duarte, que aceitou participar de uma fase de testes na Secretaria de Cultura de Jair Bolsonaro após a performance do dramaturgo Roberto Alvim como secretário de propaganda do governo Hitler provocar sua queda do órgão.

– Que lute pelo respeito à liberdade de expressão, de pensamento e de fé, sem “filtros” ou “curadorias” na condução das políticas publicas de cultura; que promova uma revisão completa do desmonte da cultura brasileira que vinha sendo promovido por seu antecessor, o que certamente vai dar trabalho…; que cancele o projeto de cultura dirigida que foi anunciado; que revise todas as nomeações para órgãos fundamentais, como a Funarte, a Fundação Palmares, a Fundação Casa de Rui Barbosa, a Ancine, o Iphan, e em diversos postos de comando da Secretaria de Cultura, valorizando os pesquisadores e técnicos dessas instituições; que lute pelos direitos dos artistas, dos diretores, dos autores, dos compositores e de todos os que produzem arte e cultura no Brasil”, segundo ela afirmou a Guilherme Amado da revista Época.

Já o ator Lima Duarte, que fez par com Regina na novela Roque Santeiro, disse que Bolsonaro é, sim, uma espécie de Sinhozinho Malta, o coronel da fictícia Asa Branca. “Perfeito para o Brasil de hoje: Sinhozinho Malta na Presidência e Viúva Porcina na Cultura”, cutucou.