Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Os unicórnios de Eike passeiam pela CPI

Marcelo de Moraes

Durante seu depoimento de ontem na CPI do BNDES, Eike Batista chamou a atenção pelo tom adotado, extremamente otimista em relação ao sucesso de seus futuros negócios. Mesmo depois de todos os problemas que enfrentou, tend os sido, inclusive, preso, Eike ainda anunciou estar “cultivando unicórnios”, numa referência aos empreedimentos que diz estar preparando. A “revelação” veio depois de uma pergunta do deputado Flávio Nogueira (PDT-PI): “Quer dizer que parou mesmo a extração de ferro no Piauí?”, perguntou. Eike respondeu: “estou cultivando dez novos unicórnios. Me esperem!”, disse, provocando risos na CPI.

No meio desse clima, a deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF) não perdeu a chance de ser sarcástica com Eike, ao se referir às doações feitas pelo empresário aos políticos durante os seus tempos de “campeão nacional”. “Eu estou percebendo que o senhor gosta de filantropia, então queria lhe fazer um pedido. Eu estou precisando auxiliar uma comunidade no Distrito Federal. Se o senhor der R$ 1 milhão que seja eu consigo construir creches para as crianças de lá”, disse a deputada, provocando mais risos na CPI. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Eike BatistaCPI do BNDESPaula Belmonte