Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Otimismo do governo disfarça os problemas da reforma

Marcelo de Moraes

Apesar do otimismo de integrantes do governo, a aprovação da reforma da Previdência hoje acumula mais obstáculos do que tinha quando foi proposta pela equipe econômica. Não é segredo para ninguém que o governo ainda não construiu a maioria necessária para aprovar a reforma, mas a questão é que as insatisfações dentro do Congresso aumentaram em relação ao Planalto.

Hoje, o governo enfrenta resistências para votar a reforma dentro da bancada evangélica, entre partidos do Centrão (PSD, PRB e DEM, principalmente), na bancada ruralista e começou a ser pressionado pelo PSL por causa das corporações da áreas de Segurança, que querem tratamento diferente na reforma. Militares também se movimentam para se blindarem contra os efeitos da reforma. Governadores e parlamentares do Nordeste estão contra a proposta de desvinculação dos recursos obrigatórios e esse debate ameaça contaminar a reforma. Diante desse quadro, o governo precisa mais do que discurso otimista para conseguir fazer a reforma avançar. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdência