Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Padilha pede ‘procedimento disciplinar’ contra advogado do ‘estupro culposo’

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

O deputado Alexandre Padilha (PT-SP) está pedindo à OAB uma “abertura de processo disciplinar” contra o advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, responsável pela defesa de André de Camargo Aranha no suposto estupro contra uma jovem em 2018. No ofício, assinado por Padilha e pela advogada Vivi Mendes, argumenta-se que a atuação do advogado “representa evidente dano à imagem da instituição Ordem dos Advogados do Brasil, uma das mais respeitadas organizações da sociedade civil brasileira”.

Um vídeo da audiência, no qual Gastão constrange a vítima mostrando fotos retiradas das redes sociais e questionando sua conduta, foi revelado nessa terça-feira pelo The Intercept Brasil. ” A atuação (de Rosa Filho) agride a Lei nº 8.906, de 4 de julho de 1994 – Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil, especialmente o inciso XXV do art. 34, que prevê como infração disciplinar a ação de ‘manter conduta incompatível com a advocacia'”.

Após a revelação da audiência com a jovem, surgiu uma grande repercussão nas redes sociais, criticando o processo e a conduta dos envolvidos. Dentre os nomes importantes que pediram ama apuração da conduta, está o ministro Gilmar Mendes, do STF.

Confira o pedido do deputado:

Tudo o que sabemos sobre:

Alexandre PadilhaOABestupro culposo