Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Paes diz que vai revogar volta de público a estádios

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Horas depois da publicação no Diário Oficial do Município de decreto liberando a volta da torcida em estádios de futebol com capacidade superior a 8 mil pessoas, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), afirmou no Twitter que a medida será revogada.

Estádio Nilton Santos. Foto: Marcos Arcoverde/Estadão)

Segundo ele, apesar de tecnicamente correta, a medida era de difícil fiscalização. Pelo decreto, os estádios poderiam operar com até 1/5 do total de assentos caso a classificação de risco para contágio de covid-19 na região for considerada moderada, ou com 1/10 se a classificação de risco for alta. A classificação de risco é divulgada todas as sexta-feiras pela prefeitura.

“A decisão de liberar os estádios com uma ocupação mínima de 1/10 está correta tecnicamente de acordo com nossa secretaria de saúde. No entanto, obviamente trata-se de medida quase impossível de ser fiscalizada. A medida será revogada”, diz o texto de Paes.