Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Paes pede que servidores municipais continuem seus trabalhos

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após a prisão do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), na manhã desta terça-feira, o prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), disse que conversou com o presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Felippe (DEM), para pedir que os trabalhos continuem a ser realizados pelos servidores da prefeitura, principalmente na área da saúde.

O ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes. Foto: Marcos de Paula/Estadão

Derrotado na disputa em segundo turno no último dia 29 de novembro, Crivella é acusado de participação em um esquema de corrupção na prefeitura do Rio e foi detido por policiais em casa.

“Conversei nessa manhã com o presidente da câmara de vereadores Jorge Felipe para que mobilizasse os dirigentes municipais para continuar conduzindo suas obrigações e atendendo a população. Da mesma forma, manteremos o trabalho de transição que já vinha sendo tocado”, escreveu Paes.

“Peço especialmente aos servidores da nossa rede de saúde: Passamos por uma pandemia – além das dificuldades já conhecidas – e a população precisa do nosso esforço. Contamos todos com a força e dedicação de vocês!”, pediu Paes.