Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Pânico’ da soja encalhar

Equipe BR Político

Nenhuma autoridade assume quem são os responsáveis pelas queimadas criminosas na região amazônica, apesar de que muitos moradores locais saberem apontar onde moram e de que sobrevivem. O governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), diz que elas “foram geradas a partir da atividade humana próxima das cidades”. O pânico que ele tem, no entanto, é ver a soja encalhar em seu Estado, o maior produtor de grãos do País, como consequência de retaliações internacionais. Parece ser a mesma do ex-ministro Blairo Maggi e da senadora Kátia Abreu (PDT-TO). “Fiquei em pânico. O nosso estado tem grande relação de venda de produtos com os mercados internacionais. Por Mato Grosso ser o maior produtor brasileiro de commodities agrícolas e mais da metade do que produzimos ir para exportações, dependemos da boa imagem e da boa relação do país com esses mercados”, disse ele à Folha ao ser questionado sobre o que sentiu quando viu o presidente francês, Emmanuel Macron, dar a sapatada no Brasil em razão do fogo na Amazônia.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

Tudo o que sabemos sobre:

Mato GrossoMauro MendesAmazônia