Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para ‘aniquilar’ o coronavírus, vai precisar de R$ 5 bi ou de US$ 50 bi?

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Ninguém tem dúvida que o combate ao coronavírus será uma tarefa gigantesca para todos os países e, obviamente, isso inclui o Brasil. Mas depois de o presidente Jair Bolsonaro ter chamado a pandemia de “fantasia”, o ministro da Economia, Paulo Guedes, parece também ainda estar subavaliado a dimensão do problema.

O ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Adriano Machado/Reuters

Em entrevista à Veja, o ministro afirmou que “com R$ 3 bilhões, R$ 4 bilhões, R$ 5 bilhões, a gente aniquila o coronavírus”. E se justificou dizendo que esse seria um dinheiro extra porque já existe bastante verba na Saúde.

Hoje, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, parece ter feito uma conta diferente, talvez mais próxima da dimensão da pandemia. Ao declarar estado de emergência no país, anunciou a liberação de US$ 50 bilhões para o combate ao coronavírus. Se o dólar for cotado a R$ 4,80, esses recursos seriam equivalentes a R$ 240 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:

coronavírusPaulo GuedesverbaSaúde