Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para conter pandemia, Argentina suspende venda de passagens aéreas

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Para conter o avanço do novo coronavírus, o governo da Argentina decidiu proibir a venda de passagens aéreas até setembro. A decisão foi anunciada na segunda-feira, 27, junto com outras medidas de combate à pandemia.

Voos partindo do território argentino já estavam suspensos desde março

Voos partindo do território argentino já estavam suspensos desde março Foto: Enrique Marcarian/Reuters

Os voos partindo do território argentino, domésticos e internacionais, já estavam suspensos desde março. A nova proibição gera ainda mais pressão sobre o setor aéreo, um dos setores mais afetados pela crise em todo o mundo.

“Muitas empresas do setor não vão sobreviver se esta resolução for implantada como está previsto”, indicou um comunicado conjunto assinado pela Associação Latinoamericana e do Caribe de Transportes Aéreos (Alta), pela Associação de Transporte Aéreo Internacional (IATA) e pelo Conselho Internacional de Aeroportos, segundo o Estadão.

Até esta terça, a Argentina registra 4.003 casos e 178 mortes pela covid-19, segundo a universidade americana Johns Hopkins.

Tudo o que sabemos sobre:

Argentinapassagem aéreacoronavírus