Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Para Guedes, Lei Kandir ‘é uma bomba de R$ 39 bi’

Equipe BR Político

O ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou a Lei Kandir de “uma bomba de R$ 39 bilhões” na tentativa de justificar a necessidade da reforma previdenciária diante do déficit fiscal do País. Considerada tábua de salvação por governadores e prefeitos, a lei prevê que a União compense os Estados pelo ICMS que deixa de ser arrecadado com a desoneração das exportações.

Os cálculos do déficit da União com os Estados feitos pelos dois entes da Federação apresentam discrepâncias inegociáveis. Enquanto a União diz ter disponibilidade de R$ 3,9 bilhões para pagar, os Estados pedem R$ 39 bilhões. Segundo o blog de Tales Faria, Rodrigo Maia prometeu aos governadores do Pará, Helder Barbalho (MDB), e do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), colocar em pauta um projeto que tenta regulamentar as perdas geradas pela lei aos Estados exportadores de matéria-prima, o que poderia ser vista, pelo menos para Guedes, como uma “pauta-bomba”, já que o ministro afirmou na CAE que se a União tiver que pagar esse bilhões aos Estados, o País “quebra”.

Tudo o que sabemos sobre:

Lei KandirEstadosPaulo Guedes